Quero ser cantora!

Como iniciar na carreira como cantor/a?

Bom, primeiramente é importante deixar claro que existe uma diferença entre gostar de cantar, e querer seguir a carreira de cantor/a.

Cantar é realmente muito prazeroso e estimulante, porém na carreira de uma cantora (principalmente hoje em dia onde os artistas praticamente tomam conta da sua carreira por completo) o trabalho engloba muitas coisas além de cantar.

Hoje, um artista além de se preocupar em ser artista, ele se preocupa com a produção, divulgação, marketing, imagem, estratégia de carreira e todos os outros aspectos que antes eram preocupações exclusivas das gravadoras. Isso se tratando de cantores que seguem carreira solo, como interpretes e não como crooner, ou backings que são também opções de trabalhos na área do canto. (Saiba mais sobre opções de trabalhos relacionados ao canto aqui).

Outro fator importante de se considerar é que todo o glamour imposto pela profissão, pertence somente aos palcos. Fora do palco não há nada além de muito trabalho, horas de sono perdidas, horas de estudo e dedicação, como em qualquer outra profissão.

Carreira de cantora. Começando pelo começo.

Depois de avaliar todas essas questões, vem a pergunta: Porque você quer ser cantora?

Dentro da minha experiência, essa pergunta é a mais importante durante toda sua carreira, pois a resposta vai determinar todo o planejamento do seu trabalho. Tente anotar em um papel a resposta para esta pergunta com total sinceridade, porque você vai precisar ter um objetivo bastante claro se quiser alcançar um resultado próximo do pretendido. Todo seu planejamento de carreira vai depender desta resposta. Desde estilo musical, área de atuação, publico alvo, enfim, tudo vai depender do que você pretende alcançar e comunicar enquanto artista.

Avalie sua responsabilidade como artista.

Já que estamos criando um argumento para o seu trabalho, vale a pena lembrar neste momento, da responsabilidade que temos como artistas. Nosso trabalho além de entreter e alegrar as pessoas, tem também o poder de influenciar pensamentos e até mesmo ações, em um âmbito muitas vezes ignorado hoje em dia. Ser artista é ser um formador de opinião, querendo ou não. Sendo assim, a próxima pergunta a se fazer é: O que quero comunicar?

Seja verdadeiro, e entenda que sua opinião pode mudar e com o tempo você pode querer comunicar outras coisas, mas é importante partir de algo que seja verdadeiro pra você desde o inicio. O mercado muitas vezes vai te puxar para um lado complemente oposto ao que você traçou, e se você não tiver essas questões bastante definidas, vai ser fácil cair no erro de aceitar qualquer trabalho ou projeto sem identidade e significado.

Ir a luta
Você vai perceber que depois de responder sinceramente a estas duas questões será muito mais fácil saber que caminho seguir, pois as próprias respostas indicam o tipo de repertório pra se escolher, o tipo de publico que pretende alcançar etc. Agora vem a parte mais prazerosa, ir a luta!

Tente sempre estar conectado com bons profissionais e pessoas com experiência no mercado. Pra começar esse network, um bom lugar é uma escola de música. Aproveite que você vai ter que estudar muito durante o inicio da sua carreira, para nos momentos de intervalo, entre uma aula e outra, você se aproximar de outros músicos, professores etc. assim você vai começar a fazer uma próxima etapa tão importante nesta profissão, quanto o próprio talento, que é o network.

Bom, isso é um começo, espero ter te inspirado de alguma forma na sua estréia!

Boa jornada.

Você também pode gostar:

Voltando com o programa Papo de Cantora!

COMPREJA

 

 

Outros artigos que podem te interessar:

Como gravar um Cd?

O poder da divulgação na internet

Sua presença na Web. Sites e blogs

Ter ou não ter um empresário?

 

%d blogueiros gostam disto: